Map my what?

Map my Name Project

Map my Name Project

O mapmyname foi um projecto desenvolvido por dois estudantes de Engenharia de Computadores e Telemática da Universidade de Aveiro que tinha por objectivo contabilizar e mapear o número de utilizadores da Internet, a nível mundial, durante um mês. O lançamento ocorreu às 00h00 do dia 22 de Abril de 2007, o Dia da Terra.

A ideia não era nova: cada utilizador registava-se e ficava “encarregado” de trazer 3 amigos para o projecto.

Tal como previ na altura, o objectivo principal não fui alcançado. A culpa, segundo os autores, foi das pessoas por não passarem a palavra. As pessoas “não acreditaram”…

Eu, porém, tenho uma opinião diferente:

  1. Qualquer projecto desta natureza tem que ter como principal foco os utilizadores. Ao disponibilizar o site apenas em inglês, exclui-se automaticamente vários milhares de utilizadores, começando por muitos portugueses.
  2. O público-alvo não foi definido inicialmente: O que é um utilizador de Internet? As pessoas que usam a Web? E quem  usa telefones VOIP  por exemplo?
  3. O problema da acessibilidade. Quantas pessoas surdas ou cegas conseguem entrar no projecto? O site não foi desenvolvido (ao que parece) com a preocupação de poder ter um acesso universal.
  4. O problema da privacidade: Aos utilizadores era-lhes pedido que identificassem o local exacto onde moram. Disponibilizar na web, de uma forma clara a rua exacta onde moro? Mesmo que se argumente que não há problemas, ou que acabamos por disponibilizar essa informação através de um blog ou de um cv, não é fácil convencer a grande maioria das pessoas a seguir o mesmo caminho..
  5. O problema da usabilidade: O processo de inscrição, para além de ser pouco intuitivo, era lento. E por outro lado: quantas pessoas não sabem preencher um formulário?
  6. O problema da motivação: quantos utilizadores se sentirão motivados para aderir ao projecto? O que é isso lhes traz de novo? Qual a vantagem?

, , , ,

Nenhum comentário (ainda!)

Deixar uma resposta

Escreva apenas comentários relacionados com este artigo.
Se desejar colocar perguntas use este formulário. Isto ajudará a manter os artigos organizados. Obrigado!