Problemas de Usabilidade no sítio da Visão

Logótipo Visão

Sou assinante da revista Visão há vários anos. Hoje resolvi registar-me no sítio Web da Visão para comentar uma notícia de uma aplicação de telemóvel que realiza exames à urina.

A notícia é baseada numa palestra apresentada na conferência TED 2013. Contudo, o editor publicou a notícia juntamente com um vídeo de uma outra palestra que nada tem a ver com a notícia.

O meu objectivo era alertar para este laspo.

Assim, efectuei o registo de utilizador, escolhendo um nome de utilizador e um endereço de e-mail. Foi-me explicado que receberia a password por e-mail. Até aqui, tudo normal.

Caro utilizador rmcarvalho, seja benvindo/a ao nosso site Visão Online. A sua password foi enviada para ricardo.carvalho@mac.com.
Logo que receba sua password poderá entrar na Visão e configurar o seu perfil.

Se não receber a sua senha na próxima hora, poderá haver um problema com o seu endereço de e-mail. Nesse caso por favor envie uma mensagem para redaccao@visao.pt indicando qual o nickname e email submetidos, para que a situação seja resolvida.

O problema está no dito e-mail que recebi. Não tem nenhuma password, como é visível em baixo:

O e-mail que deveria incluir a senha de acesso não tem nenhuma senha.

O e-mail que deveria incluir a password (senha) de acesso, mas tal não aconteceu.

Bom, erros acontecem. E neste caso, parece que o modelo (template) usado para enviar o e-mail tem um erro que será trivial corrigir.

Tentei enviar um e-mail para o endereço anunciado (redaccao@visao.pt) para alertar para o problema. E obtive uma mensagem de erro, desta vez porque a caixa de correio da redacção da Visão está cheia:

A caixa de correio da redacção da revista Visão estava cheia.

A caixa de correio da redacção da revista Visão estava cheia.

Tentei também recuperar a password, mas nunca cheguei a receber qualquer informação por e-mail.

Apesar de ter pedido uma nova password, nunca a recebi.

Apesar de ter pedido uma nova password, nunca a recebi.

Tenho três observações acerca deste caso:

  1. Houve algum teste de software que não foi feito correctamente, uma vez que o sítio está em produção com erros. E este é um cenário banal, o que me leva a supor que não sejam muitas as pessoas que se registam no sítio da Visão ou, as que o fazem têm preferência pelo login via Facebook.
  2. O e-mail de “ajuda” é enviado à redacção da Visão e não ao IT. Estaria à espera que este apoio fosse prestado por um departamento de Informática ou de Tecnologias de Informação do grupo Impresa. Da minha perspectiva, pensava que uma redacção só se deveria preocupar em escrever notícias.
  3. O tamanho da caixa de correio da redacção da Visão está subdimensionado. Basta alterar aumentar este tamanho no Exchange e todos ficarão felizes!

Estas questões são simples mas têm impacto na experiência do utilizador.
Um utilizador avançado irá ignorar esta questão e nunca mais pensar no assunto, mas um utilizador iniciante (como a minha mãe) vai ficar confuso e vai sentir-se culpado por achar que fez algo de errado.

Actualização: Este artigo foi actualizado a 21 de Março de 2013.

Depois da publicação deste artigo, voltei a tentar a Visão por e-mail. Desta vez, a mensagem foi entregue com sucesso.

A 21 de Março recebo um novo e-mail de confirmação de registo corrigido com password incluída.

Entretanto, e sem que o tivesse pedido, recebi um novo e-mail com a password.

Entretanto, e sem que o tivesse pedido, recebi um novo e-mail com a password.

Creio que este problema está resolvido. Consegui, finalmente colocar o meu comentário junto à notícia de uma aplicação de telemóvel que realiza exames à urina. Contudo, até agora ainda não houve qualquer correcção.

Parece que ninguém monitoriza o que se passa on-line no sítio da Visão, o que não deixa de ser curioso porque não coincide com a ideia que transmitem semanalmente na revista, isto é, que o on-line é muito importante e já tiveram 2 milhões de visitantes, etc.

Reparei também que o sítio sofreu algumas melhorias. Por exemplo, aumentaram o tamanho da letra, o fez aumentar bastante a legibilidade.

, , , , ,