Retorno de Investimento da Usabilidade

It is foolish to ignore usability. It should be illegal for companies to reject it.”

(Rhodes, 1998)

No âmbito da disciplina de Interacção Homem-Computador do ISCTE, fiz uma apresentação onde  abordei o tema do Retorno de Investimento da Usabilidade (ROI). Por outras palavras, até que ponto vale a pena o investimento em técnicas e estudos de Usabilidade.

Apresento uma síntese de vários estudos e conclusões:

Desenvolvimento: Redução de Custos

Poupança de Custos de desenvolvimento

  • “Um estudo de Eng. do Software estimou que 63% dos grandes projectos ultrapassam os seus orçamentos iniciais. Grande parte das razões devem-se a problemas de usabilidade.” (Nielsen, 1993)
  • “Uma empresa financeira desenvolveu uma aplicação informática, quando, pouco antes da implementação, os responsáveis pela interface encontram problemas que induziam os utilizadores em erro.” (Dray, 1995)

Poupança de Tempo de desenvolvimento

  • “As técnicas de Usabilidade permitiram reduzir o tempo investido em tarefas de desenvolvimento em 40%.” (Bias & Mayhey, 1994)
  • “foi demonstrando que um dos objectivos da usabilidade é acelerar a introdução de novos produtos no mercado e a sua aceitação, usando dados de Usabilidade para influenciar massas” (Bias & Mayhey, 1994)

Redução custos de manutenção

  • “[técnicas Usabilidade] são bastante eficientes em detectar futuros problemas em fases embrionárias de desenvolvimento, onde é mais fácil e rápido corrigi-los.” (Bias & Mayhey, 1994)
  • “Sun Microsystems mostrou que ao gastar $20.000 [em Usabilidade] poderia poupar $152 Milhões.” (Rhodes, 2000)

Vendas: Aumento de rendimento

Aumento de valor e número de vendas

  • “É possível aumentar as vendas no site da sua empresa 225%, providenciando informação suficiente na altura certa. Na nossa recente investigação, descobrimos que o design das listas de produtos afectam directamente o número de vendas” (User Interface Eng, 2001)
  • “De acordo com a IBM, o redesign do seu website tornando-o mais coesivo e amigável, permitiu aumentar o tráfego em 120% e as vendas em 400%.” (Interaction Design, Inc, 2001)

 Fidelização e a atracção Clientes

  • “Mais de 83% dos Utilizadores têm tendência a abandonar sites de comércio electrónico se sentirem que é preciso muitos cliques para encontrar o que andam à procura.” (Artur Anderson, 2001)
  • “Em 1999, num estudo sobre utilizadores Web, identificou 5 razões para comprar on-line. Apesar do factor preço atrair clientes, esta razão ficou em 3º lugar. A primeira foi ocupada por questões de Usabilidade.” (Nielson, 1999)

Aumento de quota mercado

  • “O website da agência de viagens MyTravel, uma das maiores do Reino Unido, aumentou 20% o número de reservas depois de um processo de redesign” (Gomes, 2006).
  • “Muitos sites afastam quase metade dos actuais clientes, por não tornar disponibilizarem facilmente a informação que precisam. (Nielsen, 1997)

Os slides da apresentação podem ser consultados aqui:

, ,

Trackbacks/Pingbacks

  1. Usabilidade: O mau exemplo da Netinvest | Ricardo Moreira de Carvalho - 18 Janeiro, 2013

    […] provei na primeira pessoa uma das conclusões a que cheguei num trabalho que fiz sobre Retorno de Investimento de Usabilidade: Normalmente, as pessoas estão dispostas a pagar mais para usufruirem de um site […]

Deixe uma resposta

Escreva apenas comentários relacionados com este artigo.
Isto ajudará a manter os artigos organizados. Obrigado!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.