Uma aventura com a..Telepac

Em Agosto do ano passado, um loja à qual dou assistência mudou de instalações.

Assim, foi necessário encontrar um novo fornecedor de acesso de Internet já que o anterior não estava disponível nas novas instalações.

Assim, a nossa opção foi a Telepac. Contudo, começo a achar que foi uma das piores opções que tomei na minha vida.

Vejamos:

1 mês para fazer a instalação do serviço

Estiveram cerca de 1 mês para proceder à instalação. Quando finalmente o fizeram (no fundo a “instalação” era colocar um spitter para separar o sinal RDIS), o equipamento que deixaram foi um fantástico modem Sagem USB.

Sagem USB 800

Modem USB para o segmento empresarial

Assim que me apercebi, contactei a assistência e expliquei que o que pretendiamos um modem Ethernet e que não percebia como era (ainda) possivel trabalharem com este tipo de equipamento (USB), ainda para mais no segmento empresarial.

Fiquei descansado quando me disseram iriam enviar um novo modem de substituição.

Passado uma semana, recebemos um novo modem! Contudo, IGUAL AO ANTERIOR, ou seja, USB.

Contactei novamente o suporte e desta vez foram originais: Disseram-me para me dirigir a uma loja PTCOM para regularizar a situação, coisa que fiz de imediato. Na loja de Almada, dizem que “não é possivel fazer a troca porque não têm equipamentos RDIS e mesmo que tivessem, tinhamos que pagar o “upgrade”.

Modem Ethernet não compatível com RDIS

Volto a ligar para o suporte e prometem enviar um novo modem Ethernet. Fartei-me de frisar que tinhamos uma instalação RDIS e que dessa forma, o equipamento tinha que ser compativel. Quando recebemos o novo modem (um Speedtouch 516v6), apercebi-me que este não era compativel com RDIS (para além de dizer “analógico”, não sincronizava- naturalmente, com a central). Num novo contacto, o assistente tinha informação que o modem era compativel e esteve 1 hora (literalmente) para descobrir afinal que não. Propõe uma queixa e um novo pedido de equipamento compativel.

Como não houve nenhum contacto da parte da Telepac (tinham prometido que me ligavam a dar novidades), volto a contactar o suporte e dizem-me que não há equipamentos compativeis. Perante isto, peço para cancelar o contracto. Passam-me para a linha de cancelamentos (retenção) e após 3 meses de contactos, falo finalmente com alguém que percebe minimamente o que está a fazer. Afinal há equipamentos compatíveis e supostamente vem um Router RDIS a caminho..

Às vezes, pergunto-me a mim próprio como é que tenho tanta paciência..

, ,

2 comentários no artigo Uma aventura com a..Telepac

  1. Miguel 8 Janeiro, 2008 at 14:32 #

    O problema da “assistência” destas empresas é que quem está nos call-centers não percebe nada do negócio. São pessoas que aprenderam por alto a trabalhar com as aplicações que eles têm e não conhecem minimamente a que é que estão a dar suporte…

  2. Mª João Nogueira 8 Janeiro, 2008 at 22:12 #

    Eu encaminho.

    :/

Deixar uma resposta

Escreva apenas comentários relacionados com este artigo.
Se desejar colocar perguntas use este formulário. Isto ajudará a manter os artigos organizados. Obrigado!