O crescimento da Apple

Num artigo que estou a escrever (e que publicarei aqui a seu tempo, se puder), analiso – entre outros aspectos – o “segredo” do sucesso da Apple.

No meio de tanta informação existe alguma estatistica interessante.

Numa altura que o Mundo está vidrado no lançamento do iPhone, (já se diz que é o lançamento do gadget tecnológico mais aguardado nos últimos 20 anos), li aqui que o mercado de computadores pessoais da Apple duplicou nos últimos dois anos.

Em Maio deste ano, esse valor era de 7,6%, valor que há 2 anos não ultrapassava os 3.2%. Apesar do crescimento parecer enorme, é preciso não esquecer que a generalidade das outras marcas também aumentaram as vendas, o que significa que na prática o crescimento não foi tão substancial como pode parecer à primeira vista.

De qualquer das formas, o futuro da Apple parece risonho. A actual estratégia de abertura de mais lojas próprias tanto no Estados Unidos, como na Europa irá certamente dar frutos.

,

  1. Antonio 23 Junho, 2007 at 19:57 #

    Apesar do crescimento parecer enorme, é preciso não esquecer que a generalidade das outras marcas também aumentaram as vendas, o que significa que na prática o crescimento não foi tão substancial como pode parecer à primeira vista.

    Pelo contrário, meu caro.
    Estás a falar numa fatia relativa do mercado,pelo que só para manter aqueles 3,2% a Apple teria de crescer tanto como os outros. Se subiu realmente para 7,6 isso equivale a estar mais perto de triplicar (9,6) do que duplicar (6,4).

  2. Ricardo Moreira de Carvalho 23 Junho, 2007 at 20:09 #

    Caro António,
    Obrigado pelo comentário.

    É verdade que houve crescimento. E também é verdade que a Apple cresceu mais em termos relativos.

    O que eu quis dizer é que a nivel de crescimento real (máquinas vendidas) este não foi tão substancial.

    Abraço.

  3. Luis Marques 23 Junho, 2007 at 20:54 #

    Bom, parece que as pessoas estão realmente enganadas na prespectiva de ver o mercado. É verdade que os Powerbooks teem alguma saida, mas longe da saida dos DELL,LENOVO,ACER etc. Isso facilmente se percebe quando se nota que a Apple tem pouco mais de 3% no Desktop, tanto quanto o Linux na Europa. A Apple continua estagnada no mercado dos computadores pessoas e subir 7.6% num mercado em dois anos será como dizer que o Vista é um sucesso no Desktop.

    Em relação ao IPHONE, bom..as coisas não são como foram com o ipod pois na altura nao havia mercado à altura e as marcas conhecidas responderam tardiamente. Actualmente o Ipod nao tem nada de especial em relacao aos leitores de MP3/XXX do mercado.
    No caso do Iphone as coisas são diferentes: Existe a NOKIA, a SIEMENS, a SONY-ERICSSON, BLACKBERRY (etc) e isto não é concorrência fácil de bater, são multinacionais gigantes com poder financeiro, muitas delas muito superior à Apple.
    Em termos de features..o Iphone não traz nada de novo em relação a um nokia…qualquer que custe mais de 200 euros.

  4. Ricardo Moreira de Carvalho 23 Junho, 2007 at 21:44 #

    Bom, relativamente ao iPhone, o futuro o dirá; eu penso que promete..

    O grande “truque” da Apple não é apostar em 3000+ funções. É apostar na Usabilidade.

    É verdade que o iPod não tem nada de especial, mas é mais fácil de usar que outros.. Não sei se é o MAIS fácil porque não conheço muitos..

    Abraços

Deixe uma resposta

Escreva apenas comentários relacionados com este artigo.
Isto ajudará a manter os artigos organizados. Obrigado!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.